Transdisciplinaridade e unidade cientifica

A unificação da ciência através da transdisciplinaridade para a solução
dos problemas civilizacionais.


Heitor Matallo Junior
Junho, 2021

 

I. Breve resumo sobre a unidade da ciência

A busca pela unidade da ciência nos parece as vezes um remanescente esotérico do pitagorismo, que atribuía todo o universo a uma feliz e harmoniosa confluência dos números.

Este ideal do conhecimento unitário e universal tem sua origem sistemática na filosofia grega e perpassa o pensamento ocidental até o século XXI. Platão (428 aC – 348 aC) menciona no diálogo O Sofista, que “o conhecimento também é certamente um, mas cada parte dele que comanda um certo campo é marcada e recebe um nome especial próprio”.

Algumas décadas depois da morte de Platão começaram a aparecer os tratados de Euclides de Megara (325 aC – 265 aC), que vão se completar totalmente após a sua morte, através de um grupo de matemáticos que trabalhava com ele em Alexandria. Obra monumental e precisa que inspirou filósofos por séculos, incluindo Galileu, que quase dois mil anos depois, na mesma linha, afirmaria que “o grandíssimo livro (da natureza) está escrito em linguagem matemática e os caracteres são triângulos, círculos e outras figuras geométricas (…) sem as quais se estará vagando em vão por um obscuro labirinto”.

Durante a Idade Média, outras tantas contribuições na busca de um conhecimento perfeito e único, a começar pelo advento e expansão do cristianismo e a reorganização do conhecimento refletida na ideia de um mundo governado pelas leis ditadas por Deus.

No século XIII aparece a figura Ramon Llull (1232 -1316) que se dedicou, entre muitas outras coisas, a desenhar uma máquina logica, a que chamou de Ars Generalis Ultima (‘Última arte general’) com a finalidade de revelar a verdade ou mentira de um postulado, por meio da organização da linguagem através das formas geométricas perfeitas (circulo, cubo, quadrado, triangulo). A finalidade última da máquina era explicar as verdades da ciência e da filosofia como se fossem uma única coisa.

No final do século XVI, Francis Bacon sustentava que uma unidade das ciências era o resultado de nossa organização de registros de fatos materiais descobertos na forma de uma pirâmide com diferentes níveis de generalidades. Estes poderiam ser classificados por sua vez de acordo com as disciplinas vinculadas às faculdades humanas.

Gottfried Leibniz (1646 -1726) propôs a chamada characteristica universalis, ou seja, uma ciência geral na forma de uma enciclopédia demonstrativa., baseada em um “catálogo de pensamentos simples” e uma linguagem algébrica de símbolos, que…

Continue lendo…

IPCC steps up warning on climate tipping points in leaked draft report

Climate scientists are increasingly concerned that global heating will trigger tipping points in Earth’s natural systems, which will lead to widespread and possibly irrevocable disaster, unless action is taken urgently.

The impacts are likely to be much closer than most people realise, a a draft report from the world’s leading climate scientists suggests, and will fundamentally reshape life in the coming decades even if greenhouse gas emissions are brought under some control.

The Intergovernmental Panel on Climate Change is preparing a landmark report to be published in stages this summer and next year. Most of the report will not be published in time for consideration by policymakers at Cop26, the UN climate talks taking place in November in Glasgow.

A draft of the IPCC report apparently from early this year was leaked to Agence France-Presse, which reported on its findings on Thursday. The draft warns of a series of thresholds beyond which recovery from climate breakdown may become impossible. It warns: “Life on Earth can recover from a drastic climate shift by evolving into new species and creating new ecosystems … humans cannot.”

Tipping points are triggered when temperatures reach a certain level, whereby one impact rapidly leads to a series of cascading events with vast repercussions. For instance, as rising temperatures lead to the melting of Arctic permafrost, the unfreezing soil releases methane, a powerful greenhouse gas that in turn causes more heating.

Continue lendo…

PROCESSO SELETIVO BOLSAS PARA O CURSO YCL ATÉ 01/AGO!

No sentido de ampliar a sensibilização e o engajamento sobre a crise climática, o Fé no Clima tem o prazer de divulgar a abertura do Processo Seletivo de Bolsas para o Curso de Liderança Climática Para o Século XXI (até 01/8). O curso é uma realização do YCL – Youth Climate Leaders (rede internacional de jovens líderes climáticos) e tem como objetivo capacitar jovens de todo o mundo com habilidades de liderança e empreendedorismo para trabalharem e lidarem com o tema das mudanças climáticas. Caso haja possibilidade, sugerimos que divulguem aos jovens da sua comunidade de fé que possam se interessar pela temática.

_________________________________________

PROCESSO SELETIVO BOLSAS PARA O CURSO YCL ATÉ 01/AGO!

Um dos pilares principais dos treinamentos do YCL é a diversidade dos participantes selecionados. Por isso, fazemos um grande esforço para apoiar líderes climáticos que não possuam meios de pagar pela sua inscrição. Hoje, mais de 40% dos membros da rede são bolsistas, que engrandecem essa rede tão incrível.

Pedimos por favor para que nos ajudem compartilhando nas suas redes!
Mais informações sobre o curso YCL: bit.ly/cursoycl
Formulário de inscrição para bolsas: bit.ly/cursoycl